Browsing articles in "Pizzaria"
abr 12, 2011
temperourbano

Pizza na floresta!

 

Dá para imaginar que em algum lugar dessa cidade de pedra que é São Paulo há uma área privada de 14.000 m² dos quais 13.000 m² são de área preservada? E mais, que nesses 1.000 m² funciona um restaurante?

Pois é, pode ser difícil de imaginar, mas este é o lugar que abriga o Canto da Mata Forneria, uma gigantesca pizzaria de Osasco com capacidade para abrigar mais de 300 pessoas e que, além de tudo, possui tendências ecologicamente corretas.

O restaurante é, sem dúvida alguma, um dos mais bonitos que já fui (veja aqui mais fotos). O ambiente é de tirar o fôlego. Ao entrar naquele “canto”, parece que você é transportado para bem longe da loucura da cidade e convidado a desfrutar um pouquinho da paz e beleza que só a natureza pode lhe oferecer.

A forneria está instalada em uma antiga residência do Conde Francisco Matarazzo e foi projetada seguindo o conceito de sustentabilidade. Os tijolos foram tirados de construções no interior de São Paulo, as madeiras de demolição no Paraná, e o aço oriundo de diversos estados foram transformados em ricas matérias-primas pelas mãos de artistas de marchetaria e ferragem.

Os dois grandes fornos do restaurante são responsáveis pelo aquecimento de toda a água usada na lavagem das louças e os vegetais e temperos usados na preparação da comida são tirados de uma horta hidropônica cultivada ali mesmo.

Contrariando suas proporções de tamanho colossal, a casa oferece um cardápio bem enxuto. São poucas opções de pizza, sendo nenhum sabor surpreendente, o que não condiz com a originalidade do local. A cada ambiente da casa que conhecia, era uma diferente sensação, uma nova surpresa e, portanto, quando fui ler o cardápio, esperava seguir nessa mesma linha.

As pizzas são oferecidas nas opções média (6 fatias) e grande (8 fatias). A que eu mais gostei, das que provei, foi a de Abobrinha refogada com mussarela, alho-poró e parmesão (M- R$42,00 / G- R$47,50). Não deixe de experimentar essa daqui caso vá nesta pizzaria! Outra boa pedida é a Caprese que é feita com tomate caqui, mussarela, mussarela de búfala, pesto de azeitonas e manjericão (M- R$52,00 / G- R$58,50). Um sabor de pizza que costuma não ter erro também é a de Rúcula com tomate seco (M- R$43,00 / G- R$48,5). A única que não aconselho você a pedir é a Romana (M- R$47,00 / G- R$52,50), pois o aliche usado por eles é muito forte.

Como o restaurante também abre para o almoço, você terá a escolha de pedir o Prato quente + Buffet de salada completo (R$ 59,00) que te dá o direito de combinar uma massa ou risoto com um grelhado. Os doces caseiros estão inclusos nesta opção.

Apesar de já ter comido pizzas melhores do que as do Canto da Mata, este é um lugar que posso afirmar com todas as letras que vou voltar, pois vale muito à pena. Aproveite as enormes mesas redondas e vá se divertir com toda a família ou com um grupo grande de amigos. Só não se esqueça de apreciar a vista!

Canto da Mata Forneria
www.cantodamataforneria.com.br
Av. Martim Luther King, 1861 – Osasco

jan 19, 2011
temperourbano

Bendita Hora: a melhor pizza de abobrinha!

 

Gostam de pizza de abobrinha? Dessas vocês vão gostar, tenho certeza! Essa só pode ser a especialidade da pizzaria Bendita Hora. Não tem nada melhor! Até mesmo quem tem aversão a tudo o que é saudável, principalmente se for verde, não vai resistir! Ainda mais com aquele irresistível parmesão gratinado…huuum!

Outras duas ótimas opções são as pizzas de Parma e a Brasileira (mussarela, palmito, catupiry e alho poro). Certeza que há muitos outros sabores para eu indicar aqui, mas nas duas vezes em que fui ao restaurante, comi apenas esses. São tão boas que não resisti em repetir a experiência! A pizza grande lá é cortada em 12 pedaços e custa em média R$ 56,00.

Recomendo a vocês a irem conhecer a unidade de Perdizes, na Rua Vanderlei, 795. O lugar é maravilhoso, super agradável e muito aconchegante. Tem uma espécie de sala de espera com uma vitrola e vários LPs pra você ouvir a música que quiser. O espaço é enorme e lá embaixo tem um grande jardim com várias mesas, e é o melhor lugar para se sentar. O ambiente é um pouco escuro e as mesas são iluminadas com velas, o que dá ao lugar um ar muito romântico.

Além desta unidade, há também uma Bendita Hora em Alphaville, que eu não conheço, mas pelas fotos parece ser muito bonita, e uma em Moema, onde fui outro dia. Esta é bem menor que a de Perdizes, mas também é bonita, mesmo sem o espaço do jardim. Lá pude provar também uma das entradas, o Crostine (cerca de R$ 10,00), uma espécie de massa de pizza bem fininha levemente temperada. Nada que você não possa ficar sem.

O atendimento nas duas pizzarias foi ótimo. Os garçons sabem te deixar bem à vontade, o que pra mim conta muito, pois odeio aqueles lugares onde você mal acaba de comer um pedaço e já vem alguém tentando te empurrar outro.

Infelizmente eles só vendem cerveja longneck, como na maioria dos restaurantes. Não me recordo de todas, só sei que vendem Stella Artois (R$ 6,00). Recomendo provarem as caipirinhas de pinga (R$ 12,00), uma delícia. Muito bem feitas, caprichadas e por um preço muito justo.

Para encerrar com chave de ouro, ao invés de trazer aquelas balas baratas e muitas vezes horríveis, eles servem uma bala de pinga que é tudo de bom!

A pizzaria tem uma pequena e valiosa coleção de prêmios. Já foi eleita diversas vezes pelas revistas Quatro Rodas, Época e Veja como a melhor pizzaria de São Paulo. A iluminação do lugar não ajudou muito nas fotos, então terão que conferir tudo com os próprios olhos!

jan 16, 2011
temperourbano

Bravíssimo!

 

Quem mora em Moema ou nos arredores, não pode deixar de experimentar este tempero urbano especial chamado Bravo! Pizza Bar. Já fui nessa pizzaria duas vezes e pretendo voltar muitas outras vezes.

O atendimento é excelente, os garçons são atenciosos, o ambiente é super aconchegante e a comida, é claro, uma delícia.  Há uma grande seleção de azeites de todos os cantos do mundo. Ontem experimentei um grego, espanhol e, o melhor de todos, um italiano feito com funghi. Stupendo!

De entrada, eu aconselho provarem o Bravíssimo (R$ 9,50), um pão com calabresa de dar água na boca. Eu não sei vocês, mas quando vou a uma pizzaria de qualidade, nem passo perto dos sabores tradicionais. Pra comer pizza de muzzarela, caturipy ou portuguesa eu ligo para o delivery perto de casa.

O lugar oferece 41 sabores de pizza! Nessas duas vezes que fui à Bravo, pude experimentar a Caprese (Molho de tomate, mozarela, finalizada fora do forno com tomate caqui em rodelas, mozarella de bufala sob pesto de azeitonas pretas), Di Parma (Molho de tomate, mozzarela, presunto parma e aspargos verdes) e Massima (Molho de tomate, queijo brie, abobrinhas em rodelas salpicadas e azeitonas pretas fatiadas).

O valor dessas pizzas especiais varia de R$40 a R$60, o que a meu a ver parece ser um preço justo. Reparei que o restaurante tem uma boa adega, mas infelizmente não cheguei a ver o cardápio de vinhos.

Além de pizzas, eles servem também pratos quentes, mas como não os provei, ficarei devendo mais detalhes dessa parte do cardápio.

Este é um ótimo lugar para ir com a família, ainda mais se você tiver crianças. O segundo andar abriga o que eles chamam de Super Brinquedão, uma divertida área para os pequenos brincarem com a supervisão de monitores.

Bravo! Pizza Bar
Av. Iraí, 516 – Moema
(11) 2339-2337
www.bravopizzabar.com.br

Páginas:«1234

Contato

Quer entrar em contato com o blog? Então anote o nosso e-mail: temperourbano@gmail.com