Browsing articles in "Bares"
jan 23, 2013
temperourbano

Boteco Pé pra Fora

 

O Pé pra Fora é um bar bem simples e descolado que fica na rua Pompéia, quase na esquina com a Heitor Penteado. Recomendo o lugar tanto pra um almoço no fim de semana com os amigos, como para uma cervejinha à noite com a galera.

Conheci o lugar por causa do Comida de Boteco, quando fizeram um evento pra blogueiros em que percorremos três bares participantes do concurso. Nosso ponto de encontro foi aqui, no Pé pra fora!

Naquela ocasião, provamos apenas o petisco que concorria ao prêmio, o Delícia de pé: uma porção ultra mega hiper cremosa de coxinha de peito de frango com um creme especial. Só de lembrar me dá água na boca!

Nesta segunda visita nossa ao bar, provamos o Espeto Misto, que traz um enorme prato com contra filé, linguiça, frango, arroz e muita cebola. Quando falo enorme, não é exagero, viu? Isso tudo aqui alimentou nada menos que 4 pessoas!

O lugar não é bonito, e talvez nem seja essa a pretensão. Trata-se apenas de um boteco bom e barato que vale a pena conhecer!

 

Pé pra Fora
www.pepraforabar.com.br
Av. Pompéia, 2517 – Sumarezinho

nov 6, 2012
temperourbano

Bardega: o novo wine bar de São Paulo

 

Infelizmente, não é em qualquer bar que podemos apreciar uma boa taça de vinho. Nós mesmos já fomos vítimas de alguns vinhos estragados porque as garrafas não foram bem armazenadas. Porém, um novo wine bar chegou para alegrar os corações dos apreciadores da bebida.

Localizado na região do Itaim Bibi, o Bardega é uma adega que virou bar. Com um novo conceito nesse segmento, o lugar traz as sofisticadas máquinas italianas chamadas Enomatic, que preservam a qualidade do vinho após abrir a garrafa e mantém a bebida no ponto ideal para consumo.

O bar conta com 12 máquinas, onde os próprios clientes podem se servir na dose que desejarem (30 ml, 60 ml ou 120 ml). Basta inserir sua comanda, escolher o vinho que quer degustar e clicar na dose desejada. É um jeito muito atrativo e prático, uma vez que você mesmo se serve, na hora que quiser!

Grande parte dos vinhos tem doses que vão de R$ 14,00 a R$ 40,00, com rótulos dos mais diversos países do mundo. Mas, você certamente poderá apreciar outras taças com valores superiores, como Château d’ Yquem; Prunotto Barolo; e Château Prieuré-Lichine Grand Cru Classe, que são alguns dos ícones da produção mundial.

Para ajudá-lo a escolher um rótulo entre tantos outros, foi desenvolvido um aplicativo próprio pro bar, o qual você pode acessar por iPads (espalhados pelas mesas do bar) e iPhones. No fundo da casa, há ainda um bar voltado apenas para Prosecco e Champagne.

O cardápio da casa foi criado pelo Chef Fábio Andrade, que elaborou receitas que harmonizam com os vinhos oferecidos no bar. Entre as opções que provamos no dia da inauguração, preferimos o Entrecôte com farofa crocante de cebola e vegetais; o ceviche de salmão com abacate; e o Polvo com batata fondant.

O lugar tem uma atmosfera muito agradável e, como bons apreciadores de vinho, com certeza voltaremos muitas vezes!

Bardega
Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 218 – Itaim Bibi

 

jun 26, 2012
temperourbano

De bar em bar com a equipe do Comida di Buteco

 

Na última sexta-feira, fomos convidados pelo pessoal do Comida di Buteco a participar de um tour entre os bares de São Paulo que estão participando do evento. Para deixar o passeio melhor ainda, contamos com a companhia de ninguém menos que Eduardo Maya, idealizador do concurso e uma figura de pessoa.

Foi uma noite pra lá de agradável e divertida em que ele nos contou o motivo da escolha de quase todos os estabelecimentos, as histórias por trás de cada lugar, entre muitas outras curiosidades. Explicou que a partir do ano que vem os bares terão que criar um petisco novo para participar e a mandioca e a linguiça serão ingredientes obrigatórios na receita.

Agora veja como foi nosso roteiro:

Pé pra fora: por ficar próximo ao metrô, foi o nosso ponto de partida, o que não fizemos antes de experimentar o Delícia de pé, petisco com o qual estão concorrendo a eleição. Trata-se de uma cremosíssima coxinha de peito de frango com um creme especial, que adoramos!

Bar do Vardema: lugar simpático com alma de boteco! Dos três bares visitados, esse foi o que melhor nos atendeu. Tivemos o prazer de conhecer o proprietário, que dá nome ao lugar, e é pura simpatia. Conversou com agente, sentou-se na nossa mesa e ainda tirou fotos coma galera!

Iniciamos com o prato do concurso, o Bolinho de carne com toque de shoyu, que estava muito saboroso, mas não nos encantou. Provamos também o prato que concorre ao Desafio Doritos, o Escondidinho mexicano apimentado. É tão bom que superou de longe o bolinho! A porção é bem servida, levemente apimentada e combinou perfeitamente com o salgadinho.

 

Elídio Bar: escolhido a dedo para encerrar nossa noite com chave de ouro! Famoso pelo seu enorme balcão de tira-gostos, o lugar ainda sofre com a recente perda de seu dono, uma grande figura que estava sempre presente entre a clientela.

Provamos o Frango à passarinho com Hellmann’s, que estava sensacional. Casquinha bem crocante, mas muito macio por dentro. A maioria o elegeu como o melhor petisco da noite! Experimentamos também o Croquete de carne com sweet chili ao molho especial, que participa do Desafio Doritos. Muito, muito bom! Esse molhinho que acompanha é de tirar o chapéu!

 

Queríamos encerrar agradecendo a equipe do evento e o Eduardo pelo ótimo passeio. Foi excelente!

 

jun 19, 2012
temperourbano

Bares visitados do Comida di Buteco São Paulo – parte II

 

Já fizemos um post contando nossa experiência em 3 bares participantes do Comida di Buteco. Conforme a gente for visitando novos estabelecimentos, vamos contando pra vocês, ok? Esta sexta-feira fizemos uma peregrinação de bar em bar e conseguimos visitar outros 3 botecos. Só não deu pra ser mais porque já estava tarde e a maioria deles estava fechando.

Bar do Mané: o lugar estava fervilhando de gente na hora do almoço e de cara pensei que fosse por causa do evento, mas a galera estava atrás mesmo é do famoso Pastel de Bacalhau! Porém, o petisco que está concorrendo ao prêmio é o Croquete de Mortadela com parmesão (R$ 5). Demorou horrores pra ficar pronto, mas valeu cada segundo de espera. É sensacional! O bolinho é feito com pura mortadela, nada de massa, apenas uma fininha e crocante casquinha em volta. Nota 9, com louvor!

 

Jacaré Grill: o ambiente é muito bacana, bem animado e com uma constante entrada e saída de fregueses. O público que frequenta a casa é mais velho que a garotada que domina o miolinho da Vila Madalena. No dia, tocava uma dupla – não, não é sertaneja! – com uma seleção de rock muito boa. O que mais gostamos de lá é que vendem cerveja de 600ml e o cardápio conta com uma dúzia de opções.

Tudo ia bem até chegar os mini-hambúrgueres de calabresa (R$ 15), petisco que concorre ao Comida di Buteco. Que decepção! Põe mini aí, gente! A geleia de abacaxi com pimenta é o que salvou! Demos nota 6!

 

Boteco Botella: o ponto forte daqui com certeza não é o ambiente, quase nada atrativo e sem clima de boteco, apesar do nome. Há pouquíssimas mesas disponíveis! O que nos deixou feliz, entretanto, foi o preço da Paulistânia (R$ 7,50). Não esperávamos grande coisa da porção que disputa o prêmio, mas fomos totalmente surpreendidos. É uma verdadeira delícia!  Trata-se de massa recheada com carne seca e ricota, empanada com macarrão. Super crocante e muito saborosa! Mereceu nota 9!

 

Os próximos botecos que pretendemos visitar são o Pé pra Fora, O Catarina, Bar Amigo Giannotti e o Boteco Bohêmios. Se já tiver ido lá e puder nos adiantar alguma dica, por favor, não seja tímido e deixe um comentário!

 

jun 14, 2012
temperourbano

Bares visitados do Comida di Buteco São Paulo

 

Desde que começou o evento Comida di Buteco, dia 1 de junho, temos nos esforçado para ir aos bares participantes, mas a agenda do mês anda cheia e até agora só conseguimos ir a três: A Lapinha, Pompéia Bar e Tiro Liro.

A Lapinha: adoramos o bar, o ambiente é bem descontraído, sem luxo ou requintes, mas muito acolhedor. O chopp estava divino, no ponto certo, e desceu que é uma beleza! O petisco que está concorrendo é o Escondidinho de costela de boi com aipim. Demos uma nota 7 à comida, pois achamos que poderia haver mais costela e muito mais tempero.

 

Pompéia Bar: somos suspeitos para falar deste bar, pois frequentamos o lugar há muito tempo e adoramos. Trata-se de um tradicional boteco na região que oferece um ótimo atendimento, deliciosos petiscos e uma cervejinha que vem sempre trincando. O prato que concorre aqui é a Porpetta da Nona, uma porção de bolinho de carne à milanesa. Este mereceu um 9! Achamos bem saboroso.

Experimentamos também o petisco do Desafio Doritos, uma porção de Bolinho de arroz. Achei nada a ver os salgadinhos jogados no meio do prato, sem relação nenhuma com a comida. Nem sequer dá pra comer isso junto!

Tiro Liro: não conhecíamos este bar antes do evento, mas já viramos fregueses! O ambiente é muito agradável, ainda mais quando você consegue uma mesinha na calçada. O único ponto negativo ficou para a pouca variedade de porções no cardápio. Provamos aqui o Bacaninho, uma perdição de cestinha de parmesão recheada com um sensacional bacalhau em lascas puxado no azeite. Não preciso nem dizer que demos nota 10, certo? O pior é que esquecemos á máquina no dia e a foto ficou horrível!

Relaxa gente, só faltam 18 dias para conseguirmos visitar os 47 bares restantes. Uma missão impossível,admito! Bom, como não conseguiremos ir a todos, gostaríamos de receber sugestões. E aí, que que vocês mandam?

 

mar 14, 2012
temperourbano

Gràcia Lounge Bar: lugar lindo, animado e de gente bonita!

 

Fomos convidados a participar do 10º Evento Kekeanto Elite que aconteceu no Gràcia Lounge Bar, em Pinheiros. Inspirados nos bares da Catalunha, o local é todo decorado com quadros e imagens que remetem a esta cultura, além de pequenos ambientes muito bem decorados e aconchegantes que lembram muito uma sala de estar.

O bar é dividido entre o andar térreo, o mezanino e a calçada, espaço mais disputado do Gràcia. O ambiente interno é bem escurinho, mas o contraste com as luminárias e velas na mesa dá ao lugar um toque romântico e cool.

O cardápio, todo escrito em catalão, é bem rico de bebidas, principalmente no que se refere à quantidade de Sangrías. Há mais de 20 variações da bebida, oferecidas nas opções de 500ml (de R$ 43 a R$ 54) ou 1L (de R$ 72 a R$ 92).

A parte de comida já não é tão extensa e o carro-chefe da casa são as Tapas que nada mais é que uma fatia de pão sob algum recheio.  Escolhemos ir de Degustação de tapas (R$ 29), que vem 8 unidades de 4 sabores diferentes. Os recheios escolhidos foram Enroladinho de jamón espanhol recheado com rúcula e queijo roquefort, Montadinho de cogumelos e presunto cru, Queijo brie assado e mel, e Espetinho de camarão e lula ao alho. Estavam todas muito gostosas, mas confesso que não achei grande coisa.

Como prato principal, optamos por experimentar os sanduíches da casa. Fui de Baguete, linguiça fininha, rúcula, queijo gruyère e tapenade (R$ 23), que achei forte demais para o meu paladar. Outro que provamos foi o Pão ciabatta, filet mignon picado, queijo gruyère regados ao pesto (R$ 25), que estava excepcional.

Resumo de tudo: lugar lindo, comida boa, gente bonita e ambiente bem animado!

Gràcia Lounge Bar
www.graciabar.com.br
Rua Coropes 87 – Pinheiros

 

jan 30, 2012
temperourbano

O Marquês Bar

 

Entre o reduto da comunidade japonesa de São Paulo, encontra-se O Marquês Bar, um charmoso espaço localizado em um antigo depósito da Casa de Portugal. O lugar é sempre muito cheio e bem animado por causa das bandas ao vivo de sertanejo, que tocam de quarta a sábado.

A casa oferece um cardápio bem diversificado com 35 opções de porções, como a Batata O Marquês (R$ 20,90) – rodelas de batatas fritas, gratinadas com queijo, parmesão e bacon. É um dos pratos que mais se vê saindo da cozinha! Outra pedida recomendada é a de Bolinhos de bacalhau (R$ 23,90 – 10 unid.).

As opções tradicionais também não podiam faltar, como a Mandioca (R$ 15,80), Fritas (R$ 16,80) e Polenta (R$ 12,90). Todas as porções do cardápio são extremamente muito bem servidas!!!!

Para acompanhar, nada melhor que um choppinho Brahma (R$ 5,20) bem gelado, ou uma cerveja de casco trincando! A casa tem Original, Bohemia e Serra Malte (todas por R$ 7,50) e também as mais tradicionais Brahma e Skol (ambas por R$ 6,80). O cardápio de bebidas é bem extenso e conta também com cervejas importadas (apenas 3 opções),whisky, destilados, caipirinhas, cachaças, vinhos e drinks diversos.

Caso queira comemorar seu aniversário aqui, chegue cedo, pois a casa não trabalha com reservas! atenção: a casa não abre de segunda e terça e até 19h30 a entrada é VIP. Depois desse horário, mulher é R$ 15 e homem R$ 30.

O Marquês Bar
Av. da Liberbade, 596
www.omarques.com.br/bar
Facebook: omarquesbar
Twitter: @omarquesbar

jan 4, 2012
temperourbano

Pompéia Bar: a esquina certa para o seu happy hour

 

Sabe aquele barzinho com cara de boteco, com visual de bar antigo e tradicional? Assim é o Pompéia Bar, um dos locais mais gostosos e aconchegantes para você curtir seu happy hour.

O lugar é bem pequeno e extremamente simples – o que eu adoro! A casa está quase sempre lotada, então nem sempre é possível conseguir uma das disputadas mesas da calçada. Os garçons são todos muito atenciosos e o serviço é excelente!

 

O melhor de lá são as promoções! Quase todo dia tem uma. Por exemplo, todas as terças-feiras e sábados o chopp é double. Tem dia que é o da caipirinha double, outro que a cerveja é mais barata, e assim vai…

O preço do chopp claro é R$ 5,90 e o do escuro R$ 6,30. Há também cervejas de 600ml, como a Original, Brahma Extra, Serra Malte e Budweiser, que custam todas R$ 7,60.

Entre as porções, recomendo a de pastel misto (R$ 26,90 – 8 unidades), polenta frita com parmesão (R$ 23,90), calabresa fresca especial com cebola (R$ 27,90), caldinho de feijão (R$ 6,90 a unidade) e a porção mista no réchaud (R$ 59,90), que vem com picanha, contra filé, calabresa, salsicha e queijo coalho.

Ainda não tive a oportunidade de experimentar, mas dizem que a feijoada da casa é excelente! Já recebi várias recomendações. O blog Gastrolândia foi lá este ano e mais do que aprovou! Veja aqui o post.

Pompéia Bar
www.pompeiabar.com.br
Rua Dr. Augusto de Miranda, 712 – Pompéia

dez 27, 2011
temperourbano

Republic Pub: ótimo no som e na gastronomia

 

Fomos convidados a participar do 8º evento Kekanto – site parceiro do blog – no bar Republic Pub. O lugar é muito bacana e foi uma ótima oportunidade de conhecer outros blogueiros também amantes da boa gastronomia.

O bar tem um estilo britânico, com uma decoração bem caprichada, e é dividido em dois espaços: um que é bem animado, com música ao vivo e que leva o nome do bar; e o Sports Bar, um ambiente com decoração esportiva que abriga uma mesa de bilhar Brunswick e dardos eletrônicos.

Não pedimos nada para beliscar, mas ficamos de olho no Lancaster Onion Rings – anéis de cebola fritos (R$ 19,50) e na Special Cheddar Fries – fritas com cheddar derretido e bacon crocante (R$ 19,50).

Como a fome era grande, pulamos logo para a parte dos hambúrgueres, que são feitos no maior capricho e todos vêm acompanhados de fritas! Experimentamos o Big Ben Burger, que vem com alface, tomate e um suculento e muito saboroso molho cremoso de gorgonzola (R$ 22).

 

Pedimos também o River Thames Pic Burger, um enorme e apetitoso hambúrguer de picanha de 200g, queijo, alface, tomate, maionese e cebola gralhada ao shoyu (R$ 26,50).  Lanche é delicioso e a carne estava muito saborosa!

 

O pub nos agradou muito porque mostrou ser uma ótima opção tanto para tomar uns “bons drink” quanto para comer. Todos as quartas e quintas, das 18h às 20h30, você paga R$ 25 e toma chopp “Republic” a vontade.

Além das tradicionais long necks Bavaria Premium, Heineken, Sol, Xingu, Bohemia e Stella Artois, que saem todas por R$ 8 ou o balde (beba 6 e pague 5) R$ 40, e a Paulistânia 600ml (R$ 17), o bar oferece um vasto cardápio com cervejas da Austrália, Inglaterra, Alemanha, Irlanda, Holanda e República Tcheca.

Republic Pub
www.republicpub.com.br
Rua Delfina, 110 – Vila Madalena

Páginas:«123

Contato

Quer entrar em contato com o blog? Então anote o nosso e-mail: temperourbano@gmail.com